A família sofre ataques constantes da parte do Diabo

“Então Elcana foi a Ramá, à sua casa; porém o menino ficou servindo ao Senhor, perante o sacerdote Eli. Eram, porém, os filhos de Eli filhos de Belial; não conheciam ao Senhor.” (1 Samuel 2.12,13).

Sempre ouvi falar que o meio é quem molda o caráter da pessoa. Eu até concordo, em parte, com essa frase, porém, a Bíblia relata inúmeros casos de pessoas que foram criadas em ambiente de intensa corrupção, iniquidade e perversidade, porém, nem todos foram contaminados. Samuel foi alguém assim.

Quando Elcana e Ana deixaram seu filho em Ramá, para ser ensinado por Eli, o sacerdote de Deus, sobre o servir verdadeiramente ao Senhor, os próprios filhos de Eli eram filhos de belial, não faziam o que era certo conforme a lei de Moisés, sem eram fiéis ao sacerdócio e muito menos tiveram a vontade e o desejo de conhecerem a Deus.

Foi nesse clima de pecado e desgosto por parte de Eli que Samuel cresceu. Já desde cedo o Senhor o procurou e se revelou a ele: “Era, pois, muito grande o pecado destes moços perante o Senhor, porquanto os homens desprezavam a oferta do Senhor. Porém Samuel ministrava perante o Senhor, sendo ainda jovem, vestido com um éfode de linho.” (1 Samuel 2.17,18). O contraste era grande.

Não havia visão revelada naqueles dias e o Senhor visitou a Samuel: “E estando também Samuel já deitado, antes que a lâmpada de Deus se apagasse no templo do Senhor, onde estava a arca de Deus, o Senhor chamou a Samuel, e disse ele: Eis-me aqui.” (1 Samuel 3.3,4).

Existem uma infinidade de sinais que apontam a desintegração da família, e todos eles parém de um único tronco o pecado. A família de Eli mergulhou na desobediência, até o dia em que o próprio Deus matou a Hofni e Finéias, e também a Eli.

A infidelidade conjugal é outra fonte de desintegração, e os filhos de Eli a praticavam escandalosamente, exercendo o sacerdócio por serem da linhagem sacerdotal.

A pornografia, tão ostensiva nos dias de hoje, é outro ramo da perdição, que promove a separação de casais e a multiplicação de incestos, culminando muitas vezes em morte e dor. Quem se fecha no mundo pornográfico, se afasta do cônjuge e também de Deus.

Eli foi um grande homem. Ele ensinou o caminho direito a Samuel, mas foi uma pessoa que viveu muitas amarguras, ou seja, foi um perdedor dentro do seu próprio lar. Assim, existem muitos que são derrotados em casa, justamente, porque ergueram o altar a Baal, deixando as coisas santas e abraçando as profanas; se afastando da vida de santidade e pureza, para dar vazão ao pecado e os pecados da carne.

Paulo orienta aos Gálatas: “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; … Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” (Gálatas 5.16-21). Lute comigo para que a família seja forte e não venha a se desintegrar facilmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *