CASTELO FORTE É O NOSSO DEUS

“Deus é o nosso refúgio e a nossa fortaleza, socorro bem presente na angústia”. (Salmo 46.1.)

Estamos numa semana de palestras com a série “A Reforma Protestante” e meditando sobre o que até aqui já ouvimos e associando ao sermão do domingo a noite, escrevi essa breve palavra.

Note no texto lido o testemunho de confiança em Deus do salmista. É muito bonito recitar de cor o testemunho de confiança em Deus do salmista. É muito saudável apropriar-se do testemunho de confiança em Deus do salmista, mas será que essa confiança em Deus era só para o salmista?

Todavia, é preciso investigar e refletir a fundo se estamos prontos, ou nesse nível, o nosso testemunho de confiança em Deus do salmista. Em vez de declarar que não temeremos “ainda que a terra trema” e que “os montes afundem no coração do mar”, deveríamos deixar bem claro que não temeremos ainda que nossos sonhos e planos afundem no coração do mar, ainda que tudo esteja de pernas pro ar em nossa saúde, em nossa família, em nossas finanças. Nossa fé neste Deus não depende de que tudo esteja no seu lugar em nossas vidas.

Por isto, ao olhar para si e para a sua gente, o salmista canta que ele nem sua gente deviam temer. Como temer as coisas, se Deus fez as coisas? Como temer o poder da natureza, se Deus que a criou está conosco? Como ficar abalado pelo jeito que as coisas, em casa, no bairro, na cidade, no país, no mundo estão indo, se Deus continua Senhor, embora o furacão, o vulcão pareça que vai levar tudo de roldão.

Parece que é mais fácil recitar o Salmo 46 do que vivê-lo, Lutero em tempos de dificuldades e provações, sempre se virava para o seu companheiro, Felipe Melanchton, e dizia: “Vamos, Felipe, cantemos o Salmo 46”, e assim cantavam o hino Castelo Forte. Lutero havia encontrado fé e confiança neste Salmo e, com o coração inflamado pôs-se a escrever a poesia e a compor uma melodia para enfrentar com coragem os dissabores e os imprevistos da vida.

A mensagem central do salmo 46 é: “não estamos sozinhos. Deus está conosco”. Saiba que Deus é o seu refúgio e a sua fortaleza, auxílio sempre presente na adversidade. Deixe Deus brigar por você. O Senhor dos Exércitos está com você; o Deus de Jacó é a sua torre segura. O Pastor John Wesley, grande teólogo e avivalista do século 18, ao final de sua vida suspirou:  “O melhor de tudo é que Deus está conosco”.

Deus te abençoe, sempre.